30 setembro 2007

piçarra

olha para trás
e ver sombras
passado rápido
qual relâmpago
a queimar o âmago...

passado efêmero
presente inquieto
de uma alma sedenta
na buscas do elo originário...

hora sem graça
sol fora e noite dentro
angústia e desespero
lua cheia escondida
por trás de uma nuvem fingida...

temporal vem e vai
e o ser despedaça
no compasso do tempo
naquele ritmo cloc, cloc
consome
e some