17 maio 2008

a estrela poente

d'alva parecia cair
soprada pela brisa do aracati
no coração dos dois
o mesmo sentir
não havia como mentir
a lua foi testemunha
do devir