05 maio 2009

des-presença

uma angustia sem nome
sem cor
com sabor

chega como fungo
reluto em entendê-la

deve ser o tal do interdito
ou mesmo o dito
mal dito
ou quem sabe o torpor...