17 junho 2009

amir

tinha uma vida bem triste
sem brilho e nada de rima
até que encontrou a poesia
horizonte aberto, nova sina
o sol nasceu com graça
a existência em novo clima

o clima de cada ser
na mudança de estação
e a luta de cada um
pra sair da sujeição
do sistema desumano
que fomenta a servidão

viva a poesia da vida
que nasce da resistência
despontando como o sol
pra aquecer a existência
dos pequenos desde mundo
na fadiga e paciência...