28 março 2010

no canto

me deixe aqui
no meu canto
deixa eu curtir o pranto

o manto que me cobre
não é nobre

hoje quero a lua
ela pregou na curtina
e me chama pra rua

não posso
eu gosto
mas não posso

hoje não
me deixe aqui
eu e minha solidão...