17 junho 2010

vestígio

no dia em que meus olhos
encontraram os seus
o relógio quebou
caiu de cara no azulejo
o ponteiro parou

não resisti tanta beleza
de lá para cá rastejo
seus rastros
seu olhar...