10 julho 2010

testamento

enquanto eu vivo for
quero palavras grávidas
quando eu morrer
por favor
nada de discurso estéril...