11 agosto 2010

oferta

foi a você
que entreguei minha existência
me prostrei diante do altar
e num ritual de incensos e lágrimas
disse a palavra do livro

com a voz do coração
pronunciei o juramento
e de lá para cá
minha vida quer ser
configurada na sua

eu já sabia do cálice
e das espessas gotas de suor
de sangue

por isso
todo dia
no altar do meu coração
peço a renoção do entusiasmo
e o gozo da paixão primeira

e na calada da noite
ou no clarão do dia
desejo estar na sua presença

toma minha mão
e que nosso amor
não esfri...