04 julho 2012

travessia

Feito Augusto Matraga de Guimarães Rosa 
Sedento por sua hora, sua vez
Sigo em travessia
Como um rio
Que deseja desaguar no mar...