29 agosto 2008

apoio

aviva a chama
que ainda fumega
assopra que pega

olha em volta
aspira o cheiro
odor da revolta

abana forte
há brasa na cinza
não dê azo à morte

abraça a vida
canta o mantra
diga amor

beba a existência...